No Facebook, mulheres falam mais sobre amor, e homens sobre futebol e videogames

outubro 8, 2013

Essa é a conclusão de um estudo feito por pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, intitulado Personality, Gender, and Age in the Language of Social Media: The Open-Vocabulary Approach (em português, algo como ‘Personalidade, Gênero, e Idade na Linguagem das Redes Sociais: uma abordagem do vocabulário aberto’).

O estudo se baseou na a linguagem usada por 75 mil voluntários no Facebook — não conseguimos achar se todos são norte-americanos ou se envolve outros países– o, 15,4 milhões de posts e 700 milhões de palavras. Ao contrário de outros estudos, a singularidade deste é que ele foi feito com “vocabulário aberto”, ou seja, não partiu de uma lista pré-definida de palavras, contando as mais usadas.

Com a pesquisa, os estudiosos queriam entender como se expressam homens e mulheres em uma mesma rede social e em qual estado emocional. Uma das descobertas foi o excesso do uso da palavra “meu” por parte dos homens, e da palavra “seu” pelas mulheres.

PALAVRAS MAIS USADAS PELAS MULHERES

As mulheres usam muito expressões e palavras como “amor”, “compras”, “família”, “parabéns” e “meu cabelo”. Elas também usaram mais palavras de emoção, como por exemplo, “animada”, palavras singulares em primeira pessoa e mencionam mais os processos psicológicos e sociais, como a expressão “te amo” e o emoticon “<3”, que representa um coração.

Divulgação WWBP

Palavras mais usadas pelas mulheres no Facebook segundo o estudo

PALAVRAS MAIS USADAS PELOS HOMENS

Os homens usam mais palavrões — “merda” e “foder”, esse, em diferentes conjugações, são os mais frequentes– e fazem mais referências a objetos, como por exemplo, os videogames “xbox” e “playsation 3” (ou ps3). Além disso, curiosamente, expressões como “minha esposa” e “minha namorada” estão muito correlacionados nos resultados masculinos.

Palavras mais usadas por usuários masculinos no Facebook, segundo o estundo

Esse trabalho integra um projeto chamado Projeto do Bem-estar Mundial, que faz esse mesmo filtro de palavras entre idades e personalidade. Foram avaliadas as palavras mais usadas por quatro diferentes faixas etárias e também cinco personalidades.

No início do trabalho, os 75.000 voluntários preencheram um questionário para serem classificados em um dos cinco padrões de personalidade, como extrovertido, agradável, neurótico, aberto e consciencioso. Alguns resultados foram óbvios, como o partido fala extrovertidos e depressão neurótica, mas outros mais curiosos, que só pode ser descoberto com vocabulário aberto, como a relação entre o introvertido e o “mangá” japonês ou o menos neurótico e o uso frequente de palavras como “férias” ou “igreja”.

Estudos como esse são importantes ferramentas para identificar padrões de comportamento, áreas de interesse e relevância de temas para quem trabalha com redes sociais. O resultado completo do estudo está no site do Projeto Bem-estar Mundial (acesse aqui) e mais completo no Plos One (acesse aqui). Nesses dois links é possível entender melhor a análise e conclusões do estudo.

OUTROS RECORTES CURIOSOS

Bem, o que será que as pessoas com MAIS DE 30 ANOS tanto escrevem no Facebook? Veja se você sente uma familiaridade….

 

E quando o público-alvo do estudo são OS MAIS NEURÓTICOS… Veja se aquele seu amigo com DNA Woodyalleano costuma escrever essas palavras no Face:

Por Novelo Comunicação